• Cintia Freitas: O medo de sentir dor na hora de executar os exercícios

    Cintia Freitas: O medo de sentir dor na hora de executar os exercícios

    Uma parceira e muito querida amiga da Império Pilates, Cintia Freitas, que é Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP); Graduada no curso de Fisioterapia da Universidade  de São Paulo (USP); Docente no curso de Fisioterapia da Universidade Paulista (UNIP) escreveu um artigo científico com colegas de trabalho, sobre o tema: CINESIOFOBIA, focando na dor lombar, que é uma das dores mais encontrada em pacientes/alunos da prática do pilates.

    Cintia Freitas além de ter feito o curso de capacitação de Pilates Studio e o curso de especialização na Hérnia Discal na Império Pilates, também foi a criadora e ministrante do curso : “Evoluindo no Pilates”, juntamente com a educadora física, Marta Magane.

    entrevista_cintia_silene_imperio_pilates

    Cinesiofobia é o medo que alunos/pacientes tem ao executar movimentos aleatórios por conta da dor que sentem, antecipando assim um suposta dor, que nem aconteceu ainda.

    O método do Pilates, em alunos com dores crônicas, é muito comum, e trazem resultados positivos na redução da dor e principalmente combatendo essa relação com a cinesiofobia.

    A dor lombar é desencadeada por diversos fatores como biológicos, psicossociais, fatores de risco mecânicos, cognitivos e ocupacionais, que contribuem muito para a patologia conhecida como lombalgia.

    Os alunos/pacientes que sentem a dor de uma forma ameaçadora, como por exemplo, quando executam um movimento qualquer, ou até mesmo sem nenhum tipo de movimento e continuam com o desconforto, desenvolvem uma ansiedade relacionada a essa sensação desagradável.

    Existem também, aqueles que pontuam a dor de forma catastrófica, o que também colabora para perpetuar a cronificação da dor.

    qr code - cinesiofobiaEm seu estudo de revisão sistemática com meta análise, ao comparar o grupo controle (aquelas pessoas que não participam de nenhum tipo de treinamento, ou receberam apenas orientações), e o grupo efetivamente que recebeu o treino de Pilates, comprovou-se que o método Pilates, em média nas primeiras 6 semanas, gerou um alívio na dor lombar associada a uma melhora moderada da Cinesiofobia (medo de executar movimentos na região com dor) nos indivíduos com lombalgia crônica. O artigo oficial da Cintia foi publicado na revista internacional  Journal of Bodywork & Movement Therapies no mês de maio do ano de 2020. Confira no QR Code:

    Nós da Império, assim como a Cintia Freitas acreditamos e defendemos a prática do método do Pilates com seus Princípios e Fundamentos para a melhora funcional e da qualidade de vida dos nossos alunos, uma vez que a prática de exercícios é a melhor forma de prevenção e tratamento para a dor lombar crônica.

    Solicite uma aula experimental grátis, comece a se cuidar já e mude sua postura!

    Confira Nossas Aulas Online

    por Juliana Sanches – Instrutora de Pilates – Império Pilates – Ago/2020

deixe uma resposta

Cancelar resposta